• Mari Bruno

Tudo o que você precisa saber sobre a gastronomia niçoise

Ou: porque você deve ir para Nice e comer nestes lugares



Comer em viagens é uma das melhores coisas. Agora que deixamos isso claro, vamos falar sobre Nice. O histórico meio francês e meio italiano da cidade faz com que seja um destino muito rico em arte, arquitetura e, especialmente, gastronomia.


A gastronomia niçoise, com um interessante mix de França com Itália, consiste em comer bem e muito e beber bem e muito. No primeiro dia comemos tanto no almoço que passamos 24h sem comer e não é exagero. Os pratos são grandes e as refeições são compostas por diversas partes - entrada, prato principal, sobremesa, aperitivo, vinho, água, e por aí vai.


Nesta matéria, reunimos três restaurantes, uma gelateria e duas docerias que você absolutamente precisa conhecer se for para lá. Mas, antes disso, vale explicar algo importante: a gastronomia é um patrimônio, e em Nice isso é levado a sério.


Os restaurantes de comida autêntica e local passam por uma avaliação anual e recebem um selo de Cuisine Nissarde, que fica exposto em algum lugar da fachada e/ou cardápio. Nós adoramos a iniciativa e é algo extremamente útil para os turistas.


Confira o nosso top 6 de lugares para comer em Nice:


Lu Fran-Calin



Lembra do tal almoço das 24h? Foi aqui. Comer no Lu Fran-Calin foi como visitar a casa dos avós italianos. O restaurante é comandado pelo casal Daniel e Elvira Silvetti - enquanto ele cuida da cozinha, ela cuida do serviço. O ambiente é familiar e o cardápio é bem completo, já que o endereço possui diversos selos de Cuisine Nissarde.


Para algo bem tradicional e diverso, comece com o L'Assiette Dégustation, com especialidades locais. Para prato principal, experimentamos o Les Gnocchis de Pomme de Terre maison Sauce Daube, nhoques de batata com molho de carne - também tradicional. De sobremesa, adoramos o Le Tiramisu aux Spéculos et Confiture de Lait. E mais importante de tudo: vá com fome!




Acchiardo



Um restaurante como poucos outros, o Acchiardo está na família desde 1927, há quatro gerações. Mais do que isso, muitas delas moram ou já moraram nos andares superiores da casa medieval. O décor é simples e rústico, para deixar a arquitetura tomar conta do espaço, e muito charmoso. Você vai ver muitas fotos da família nas paredes.


O cardápio também é tradicional e local. De entrada, comemos Pissaladière maison, uma espécie de pizza de cebola. Como prato principal, provamos o Merda de Can - um macarrão verde - com molho de carne (o sugestivo nome é por conta do formato da massa, que lembra um cocô de cachorro. Mas é uma delícia, ok?!). De sobremesa, Mousse au chocolat. Não deixe de provar os apéritifs e faça reserva com antecedência.




SENTIMI



Azulejos coloridos, estilo industrial, paredes de pedra e uma oliveira permanente compõem a atmosfera do SENTIMI, que tem uma pegada mais moderna e italiana. As pizzas são a especialidade da casa, e todas são feitas com farinha orgânica e recheadas com ingredientes frescos e da estação. Por lá, comemos um tipo de pizza de entrada, ravioli de salmão e, claro, tomamos um Aperol Spritz.




Maison Auer Chocolaterie Confiserie



Aberta em 1820, a Auer fica em uma das ruas mais tradicionais de Nice. No interior, tudo é original da época (!), e o endereço foi frequentado pela rainha Vitória, da Inglaterra, no século XIX. Frutas cristalizadas, chocolate, nozes caramelizadas e outras delícias podem ser encontradas ali. Atualmente, a confiserie está na quinta geração da família Auer.




Arlequin Gelati



Nos faltam elogios para falar sobre esta gelateria italiana. Vamos resumir em: é o melhor sorvete/gelato que eu já tomei na vida. Roberto é o mestre por trás do sabores e é super simpático - pode ser que você cruze com ele na loja, que ocupa uma esquina movimentada em uma área comercial da cidade. O sabor de pistache é a coisa mais incrível, assim como o chocolate quente (daqueles cremosos) e o spread de pistache (tipo Nutella, mas de pistache puro). Absolutamente vá.




LAC Chocolatier



Doces, macarons e chocolates mais sofisticados são a especialidade da LAC, criada por Pascal e Valérie Lac em 1995. Resistir à vitrine é um desafio. São três lojas em Nice, uma em Saint Laurent du Var, e uma em La Trinité. A marca já venceu três prêmios do Club des Croqueurs de Chocolat: segundo e terceiro lugar na categoria “melhores dos melhores” fabricantes de chocolate na França (2009 e 2013, respectivamente), e foi considerada “Imperdível” entre os 20 melhores fabricantes de chocolate da França em 2014.




fotos: Mariana Bruno