• Mari Bruno

Day trip na Bélgica: um dia em Bruges e Gante (Ghent)



Como contamos no post de roteiro de um dia em Bruxelas, quando decidimos ir para a Bélgica, nosso foco central era Bruges. Como íamos passar pela capital belga, resolvemos nos hospedar ali e sair e voltar de/para lá todos os dias.


Bruges e Gante (Ghent) são bem diferentes de Bruxelas. As cidades são uma graça e cada uma tem seu estilo próprio - Bruges é mais clássica e romântica enquanto Gante é uma cidade universitária que cresceu muito além do centro e tem um pouco de tudo.


Nossa ideia inicial era fazer cada uma em um dia - há muitas coisas para fazer em ambas e um dia inteiro é uma opção mais tranquila do que visitar as duas em um. Mas, pela proximidade, resolvemos condensar em uma só day trip. Se você olhar em um mapa a partir de Bruxelas, Ghent e Bruges ficam em uma linha reta no sentido costa oeste.


Então, começamos por Bruges, que é a mais afastada.


Bruges



De manhã cedo pegamos um trem direto para Bruges. A cidade é muito fofa e uma delícia de passear. Além disso, quando visitamos, estava acontecendo o Bruges Triennial, com instalações de arte espalhadas pelas ruas e canais. Por ali o mais gostoso é andar sem direção, passando pelas casinhas, lojas e canais.


A praça Grote Markt é parada obrigatória (comemos frites por lá) e é possível fazer tour guiado gratuito. Ficamos com muita vontade de subir até os moinhos Bonne Chieremolen, Sint-Janshuismolen e Koeleweimolen, mas como ficam mais afastados, em um parque na Kruisvest, não tivemos tempo.




Gante (Ghent)



Saindo de Brugge, voltamos para a estação de trem e compramos um bilhete até Ghent. A cidade é universitária e é bem diferente de Brugge: o centro, que é a parte histórica e mais charmosa, fica bem afastada da estação e caminhamos uns 30-40 minutos para chegar (recomendamos pegar trem, táxi ou uber da estação).


Chegando no centro, a ideia é a mesma da de Brugge: caminhar sem destino passeando pelas praças, pelo castelo Gravensteen e, claro, pelos canais. Por lá, vale caminhar até a catedral Sint-Baafskathedraal e a ponte Sint-Michielsbrug.




Extra: Antuérpia


Apesar de passarmos pouco tempo na Bélgica, ficamos com vontade de conhecer outras cidades, como Antuérpia. Em uma próxima viagem, a ideia é alugar um carro e fazer uma road trip pelo país, que é pequeno, e pela Holanda.



Onde nos hospedamos em Bruxelas: Zoom Hotel


Na cidade nos hospedamos no Zoom Hotel, com tema de fotografia. O espaço é super charmoso, tem exposição de fotos e fica próximo do metrô. Com quartos confortáveis (todos com decoração moderna e industrial, mas seguindo o tema principal) e cheio de cantinhos instagramáveis, o hotel tem um preço acessível (começa em €85/noite) e tem um café da manhã bem gostoso. Recomendamos!



matéria originalmente publicada no Follow The Colours